O "resplendor da luz"

Ao que tudo indica, Passos Coelho e José Sócrates, quais Saulo na estrada de Damasco, viram ontem o "resplendor da luz" em Bruxelas (ainda que em pontos diferentes da cidade) e caíram por terra. Ou seja, vão voltar a negociar o orçamento de 2011. O problema é que, um e outro, só se deixam iluminar na "Europa". Estamos, obviamente, muito bem entregues.
publicado por Fernando Martins às 16:04 | comentar | partilhar