Da série "Mas porque é que isto não me surpreende?"

"Pelo menos dois dos activistas identificados pela GNR, dia 17, na sequência da invasão de um campo de milho transgénico, estão referenciados peal polícia como responsáveis pelos distúrbios ocorridos no dia 25 de abril, em Lisboa. (...) A presença dos mesmos jovens em diferentes acções de rua reforça a tese de que existe uma ligação e uma organização comuns. Há mesmo diversos activistas fichados nesta investigação, onde se incluem os distúrbios, em Abril, junto à antiga sede da PIDE, no Chiado, ou o lançamento de cocktails molotov, em 2006, no Instituto Cervantes em Lisboa. Nesse ano, na invasão de uma loja da Zara e nas manifestações em frente às embaixadas de Espanha e de Israel, foi detectada a presença de alguns destes jovens."

Hugo Franco, no Expresso de hoje, p. 2.
publicado por Pedro Picoito às 23:36 | partilhar