Europeus e modernos

Um amigo estrangeiro a propósito das recentes eleições em Portugal e do debate público que aqui houve:
"Totalmente às avessas da orientação geral do resto da Europa".
.
A crise internacional não teve os efeitos políticos que se previu na Europa. Por enquanto, pelo menos, a Europa não virou à esquerda. Bem pelo contrário.
Portugal é a excepção. Deve ser porque somos muito europeus e modernos. E porque desmascarámos o "neoliberalismo" com muito mais arte e sabedoria do que os outros. A malta aqui é que sabe.
publicado por Miguel Morgado às 15:37 | comentar | partilhar