30 minutos antes do debate McCain-Obama

São raros os posts que me ajudam a olhar a realidade política com maior transparência. Miguel Morgado escreveu um post assim. Concluiu que o grande mérito de McCain foi o de ter conseguido transformar, aos olhos dos americanos, uma crise de natureza financeira numa crise com implicações no plano da segurança nacional. Se Obama podia surgir alguns dias atrás como o candidato mais indicado para atenuar os efeitos de uma crise radicada na Administração Bush, neste preciso momento em que escrevo, McCain surge aos olhos dos americanos como o candidato mais habilitado a assumir o posto de "comandante-em chefe" que os Estados Unidos necessitam.
publicado por Nuno Lobo às 01:30 | partilhar