Tragédia

Diálogo na blogosfera

JPT - Pergunta (muito) inocente: O João não votou favoravelmente as medidas de austeridade?
João Galamba -
Enquanto a UE não mudar a sua política, estamos condenados a OEs como aquele que acabamos de aprovar. Por isso, e só por isso, votei a favor. Não é um bom orçamento - muito longe disso - mas é o possível, dados os constrangimentos políticos e financeiros que o país enfrenta. É trágico, mas é o que temos.

Reconstituição (com recurso a duplo) do momento excruciante em que João Galamba é arrastado ao voto no Orçamento; à esquerda, os mercados, à direita, a «Europa».

Em solidariedade com o deputado forçado a tamanha violência, em nome da Pátria e do mais profundo sentido do dever, resta-me dirigir-lhe uma palavra de consolo: João Galamba, você leva demasiado a sério as suas convicções e os seus deveres como deputado da nação. Relaxe. Saia. Descontraia-se. Faça um retiro. Uma viagem. Qualquer coisa. Pense no seu futuro. Não se deixe esmagar pelo presente. E vai ver que a vida lhe retribui a boa onda. Eu até tenho ideia que você vai longe. Vai ver.
publicado por Jorge Costa às 20:54 | comentar | partilhar