Desordem nos Advogados


O debate Prós e Contras de ontem da RTP1 veio confirmar aquilo que escrevi aqui no Cachimbo sobre o actual Bastonário da Ordem dos Advogados. A incapacidade de dialogar e de ouvir os colegas, o estilo populista, por vezes até mentiroso, de Marinho Pinto levam-me a temer que, no final deste mandato, não fique pedra sobre pedra na mais antiga ordem profissional portuguesa (1926). Digo isto com pena porque sou institucionalista. Não é apenas o Estado, como são frágeis em Portugal as instituições e a sociedade civil.
publicado por Paulo Marcelo às 10:47 | comentar | partilhar