Quarta-feira, 25.05.11

Alfama School of Economics reloaded - round 2

uma saída destas [o "default"] só não é suicida se for executada no quadro da União Europeia, ligada a uma estratégia regional para reganhar soberania face aos mercados. Mas esse era o carrinho que o governo estava a tentar apanhar quando a coligação negativa precipitou a crise política e nos entregou ao forrobodó especulativo

A supracitada tese é mais um contributo da conhecida Alfama School of Economics para a compreensão e resolução da crise financeira e económica. Só se esquece de referir que o "carrinho" da  "estratégia regional para reganhar [sic] soberania face aos mercados" descarrilou perante a recusa dos restantes países-membros em assumir as dívidas do Club Med (um nome mais simpático para os PIIGS). Também, as tentativas de colocação privada da dívida ou de garantir o sucesso de leilões com pré-acordos junto de fundos soberanos  não permitiu travar significativamente a subida das taxas e obrigou a concessões que (por "boas" razões) nunca foram publicamente divulgadas. Qualquer um destes insucessos ocorreu independentemente da crise política e próprio "forrobodó especulativo" tem razões bem anteriores. Mas isso são factos que não encaixam no "cherry picking"  que é feito às teses do Professor Boaventura Sousa Santos. Não interessam, portanto.

publicado por Miguel Noronha às 16:52 | partilhar
Terça-feira, 24.05.11

Alfama School of Economics reloaded

O Professor Boaventura Sousa Santos, conhecido especialista em finanças públicas e guru da Alfama School of Economics desmente o Banco de Portugal e o FMI. (e o Pedro Bráz Teixeira também não se fica a rir): "a sucessão frenética da despromoção da dívida soberana [não teve] (...) qualquer ligação à situação da economia real". Tem toda a razão Professor. Dadas as situações económica e financeira do país espanta-me como é que ainda nos atribuem notações tão elevadas.

publicado por Miguel Noronha às 16:39 | partilhar

Cachimbos

O Cachimbo de Magritte é um blogue de comentário político. Ocasionalmente, trata também de coisas sérias. Sabe que a realidade nem sempre é o que parece. Não tem uma ideologia e desconfia de ideologias. Prefere Burke à burqa e Aron aos arianos. Acredita que Portugal é uma teimosia viável e o 11 de Setembro uma vasta conspiração para Mário Soares aparecer na RTP. Não quer o poder, mas já está por tudo. Fuma-se devagar e, ao contrário do que diz o Estado, não provoca impotência.

pesquisa

 

posts recentes

links

últ. comentários

  • ou podre
  • http://fernandovicenteblog.blogspot.pt/2008/07/si-...
  • O pagamento do IVA só no recibo leva a uma menor a...
  • O ranking tal como existe é um dado absoluto. Um r...
  • Só agora dei com este post, fora do tempo.O MEC af...
  • Do not RIP
  • pois
  • A ASAE não tem excessos que devem ser travados. O ...
  • Concordo. Carlos Botelho foi um exemplo de dignida...
  • ou morriam um milhão deles

tags

arquivos

2014:

 J F M A M J J A S O N D

2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

2007:

 J F M A M J J A S O N D

2006:

 J F M A M J J A S O N D

subscrever feeds