A Campanha da ETA

Embora ainda não tenha sido reivindicado, tudo indica que o cobarde assassinato, com três tiros, de um ex. vereador do Partido Socialista Vasco, Isaías Carrasco, foi obra da ETA. PP e PSOE decidiram interromper imediatamente as suas campanhas eleitorais. Ainda assim este crime irá ter reflexos nos resultados eleitorais. Resta saber quais.
publicado por Fernando Martins às 14:03 | comentar | partilhar