Adoptar boas práticas internacionais

No i

A crise económica já tinha custado a Geeir Haarde o cargo de primeiro-ministro, do qual se demitiu em Fevereiro de 2009. Agora, pode ter de pagar um preço mais alto, se for condenado por negligência e responsabilidades no naufrágio económico islandês. Ontem o ex-presidente do conservador Partido Independente sentou-se pela primeira vez no banco dos réus do Landsdórmur, um tribunal especial criado em 1905 para processos ligados a membros do governo e para acusações sobre actos contra a própria Islândia.(...)

 

Em Maio, o fiscal Sigridur Fridjonsdóttir apresentou um auto de acusação preliminar contra Haarde, onde pede que este seja condenado por violação da lei de responsabilidade dos ministros. A lei responsabiliza os ministros por tomarem decisões que coloquem o país perante um risco previsível, mas também por não agirem apropriadamente para prevenir esses mesmos riscos

Eu voto a favor de copiarmos o "modelo islandês" no que respeita à responsabilização dos governantes
tags:
publicado por Miguel Noronha às 11:51 | partilhar