Straight Talk Express Next Stop: White House?

John McCain e Mitt Romney na Ronald Reagan Presidential Library (Foto: Monica Almeida/The New York Times).
.
Acabo de assistir a um excelente debate, onde McCain terá sido quem tirou maior partido do confronto. Estava longe de imaginar há um ano atrás que McCain estaria na posição confortável em que se encontra a poucos dias da Super Tuesday. A eleição norte-americana é acompanhada com interesse a nível mundial, por motivos óbvios. Naturalmente, o que mais me interessa são as posições dos candidatos no âmbito da política externa dos Estados Unidos. McCain é um internacionalista, a quem não se conhece especial simpatia por opções de cariz unilateralista, ou pretensões de natureza hegemónica. Usando a grelha de leitura de Walter Russell Mead, pessoalmente situaria McCain na intersecção das escolas Hamiltoniana e Jeffersoniana. Será quase inútil referir que me parece que John McCain é o candidato que mais convém à Europa que seja eleito.
publicado por Joana Alarcão às 03:07 | comentar | partilhar