Mais trabalho e menos queixinhas

Jornal de Negócios 

O governador do Banco de Espanha, Miguel Ordóñez  pediu hoje para que se deixe de culpar os mercados internacionais pela subida dos juros das obrigações do país. Para isso, pede para que sejam implementadas reformas e que as administrações reduzam “rigorosamente” o défice orçamental.

“Culpar o mercado ou a avareza dos mercados será uma perda de tempo que poderá distrair-nos do facto de que esse custo só será reduzido se adoptarmos as medidas e as reformas internas o mais rápido possível”, afirmou durante uma intervenção na assembleia anual do Instituto de Empresa Familiar, citado pelo “Cinco Días”. 

Quem o diz é um socialista que integrou os governos de Felipe Gonzalez e Jose Luiz Zapatero num comentário que também é válido para os camaradas do lado de cá da fronteira.

publicado por Miguel Noronha às 16:06 | partilhar