Santana Lopes e a CML (Dezembro de 2009)

As coisas são como são, mas não deixa de ser deprimente que a candidatura de Pedro Santana Lopes à presidência da Câmara Municipal de Lisboa, confirmada ontem, tenha tudo que ver com batalhas políticas no seio do PSD e com as legislativas de 2009 e nada com a forma de governar a capital portuguesa.
publicado por Fernando Martins às 22:44 | comentar | ver comentários (4) | partilhar