A propósito da avaliação do "Novas Oportunidades"

Em defesa do "Novas Oportunidades" tem sido repetido na blogosfera abrantina um estudo da Universidade Católica liderado por Roberto Carneiro. Será, no entanto conveniente ler o que o próprio diz sobre a âmbito do estudo (não pretendeu aferir a qualidade do programa mas sim a percepção deste nos formandos)  e o reduzido impacto que esta (pseudo) qualificação teve nas respectivas carreiras profissionais.

 

(via Economia das Pessoas)

publicado por Miguel Noronha às 09:12 | partilhar