Diz-me com quem andas, dir-te-ei quem és.

A tentativa fracassada de golpe de estado hoje em Timor-Leste suscita, ao menos, uma dúvida. Como e quem é que alguém conseguiu convencer o major Reinado de que o assassinato de Ramos Horta (presidente da República) e de Xanana Gusmão (primeiro-ministro), nas circunstâncias por agora conhecidas, poderia ser uma solução para os problemas políticos daquele país e daquele proto-Estado?
Foto: Faço fé de que o cavalheiro com colete, telemóvel e bigode que aparece na foto é o major Reinado
publicado por Fernando Martins às 13:30 | comentar | ver comentários (3) | partilhar