No Mundo das Ideias

Imagine que vivemos num mundo onde com o auxílio de uma pequena maquineta seria possível entrar e sair dos sonhos de quem estivesse conectado. Imagine que com essa nova tecnologia surgia um mundo paralelo com espiões e companhias de seguros prontos a aproveitar o seu momento de descanso para o ligar à máquina e extrair algumas ideias, daquelas puramente originais.

Agora o inverso. Uma realidade onde poderíamos com essa mesma tecnologia doutrinar, inserir ideias na mente do indivíduo adormecido. Com esses poderes introduzíamos, em 3 níveis diferentes de sono, conceitos cada vez mais complexos, que o indivíduo ao acordar iria tomar como seus. Soa a engenharia social, certo?. É esse o universo do mais recente filme de Christopher Nolan, Inception. Podia ter menos tiros e mais complexidade. Mas ao que parece esta será a saga do novo agente secreto do século XXI. Estamos apenas no início. Aguardemos por mais. Quem não quiser esperar pode sempre ler, ou reler 1984.
tags:
publicado por Joana Alarcão às 19:15 | comentar | ver comentários (5) | partilhar